O Retorno do Doutor Mysterio

E o Doutor nos salvou de mais um natal, dessa vez com a ajuda de um superamigo. O que é um Super-Homem para quem já recebeu ajuda do Papai Noel, não é verdade? Mas como não poderia ser diferente, o novo personagem foi o efeito colateral de uma das aventuras de nosso senhor do tempo preferido e passou a ser observado de perto por seu criador acidental. Descobrimos que entre o especial de natal do ano passado e o que acabamos de ver, o Doutor esteve ausente por 24 anos. O motivo? O tempo que passou se despedindo de River Song, que como sabemos, estava com os dias contados. Solitário após seu pranto, o personagem adotou Nardole, o serviçal de sua finada esposa e nasceu um bromance que seguirá pela décima temporada. Nardole foi um ótimo alívio cômico e roubou todas as cenas que apareceu.

O especial homenageia outras franquias de sucesso. O vilão é retirado dos filmes de James Bond e bem… tem um super-homem, né? Além disso, vemos referências aos quadrinhos, à sua linguagem e a seus arquétipos. O maior dos homens oculto por trás de óculos grossos? Um herói assalariado? A intrépida jornalista que admira o herói, mas nunca percebe o homem por trás da máscara? Está tudo lá e arrisco dizer que o dono do programa foi apenas um coadjuvante de luxo em seu próprio especial, criando uma subtrama capaz de amarra

r a história do Fantasma e lembrar que apesar da trama principal ser o folhetim envolvendo Grant, (álter ego do herói) que amava Lucy desde o colegial e acabou se tornando babá do filho dela com outro, ainda estávamos assistindo a um especial de natal de Doctor Who.  Um bom exemplo disso foram os encontros do Doutor com o Jovem Grant, que lembraram as interações do 11 com Amy Pond.

Foi divertido. Talvez não funcionasse dentro da série, mas foi um especial isolado. Talvez tenha parecido mais interessante por se tratar de nosso único encontro com o Doutor em 2016, o que pode ter nublado nosso julgamento.  A verdade é que o especial me pareceu um piloto disfarçado. Muitos produtores testam a popularidade de personagens que querem lançar colocando o novato na história de um personagem conhecido para testar sua popularidade. Será que teremos uma série de quadrinhos com o personagem?  Se a BBC já lançou No Heroics, uma série de comédia baseada em Super-Heróis, por que não lançaria uma de aventura?

Bem, 2017 está chegando e teremos uma temporada inteira para provar as batatas fritas pela nova compannion. Será que elas passarão do ponto como certos episódios de algumas temporadas do Moffat?

Uma curiosidade final: Doutor Mysterio é como a série é chamada no México.