Paste your Google Webmaster Tools verification code here

Pow de Cast #019 – Emuladores: Pirataria ou Não?!

Reproduzir

 

Esse é o primeiro PdC sobre vídeo games, em nossa estreia escolhemos bater um papo com Ane (Bichos Geeks) e Alysson (Fliperama de Boteco) sobre Emuladores. Contamos a origem da emulação, discutimos se é pirataria ou não, descrevemos algumas das nossas experiências e para finalizar fizemos algumas indicações!

A final de contas, quem ai não curte jogar em um Emulador?!


Se quiser baixar este podcast para o seu MP3 player, clique com o botão direito do mouse no link abaixo e selecione “salvar link como…”

Clique aqui para baixar a versão Zipada.


Participantes: Alexandre, Alysson (Fliperama de Boteco), Ane (Bichos Geeks), Herbert e Fábio.

Deixei nos comentários sobre sua opinião se é pirataria ou não, conte-nos suas historias e quais emuladores você usa e não esquece de deixar seu comentário sobre o que achou do Pow de Cast, se quiser mandar um recadinho para nós, envie um e-mail para powdecast@powdecast.com.br.

Obrigado pela participação dos amigos e um enorme abraço ao nosso amigo Noslen do Nono Estúdio pela nossa nova vinheta de introdução.


O que falamos no Podcast:

Podcast sobre Rom Hacks – Fliperama de Boteco

Podcast sobre SEGA – Bichos Geeks

Telas de Games de que falamos:

[huge_it_gallery id=”63″]


Onde Encontrar o Bichos Geeks:

Onde Encontrar o Fliperama de Boteco:


Nosso Feeds:


Pesquisa Ouvindo Podcast:


Nosso Canais:


Conheça nosso novo Parceiro: CastBox - Best Podcast Radio App

CastBox - Download from Google Play

Livros da Editora Aleph:

Box premium EXCLUSIVO da saga Harry Potter O cupom HARRY10 concede 10% off na Caixa Harry Potter - Edição Premium e tem validade até 07/07/2017 às 23:59.


Fábio Franzoni

Fábio Franzoni

Cafézinho com sabor de justiça!

Você pode gostar...

  • IOI-667235

    Posso estar sendo simplista, já que games e pirataria são assuntos que tmb não domino muito, mas, a meu ver, a partir do momento que alguma coisa vira mercadoria, existe a promessa de lucro pra quem vende, e quando a obtenção de licro fica comprometida, alguém é criminalizado. Se todos tiverem acesso a jogos e emuladores de graça, não haveria lucro pra industria dos games, e ela se descaracterizaria enquanto indústria. Bom pra nós, gamers, péssimo pras empresas e pros programadores, sempre fazendo o trabalho sujo e se fudendo.. É uma faca de dois gumes esse assunto da pirataria, não só na área dos games, porque sempre tem um lado muito beneficiado e outro muito prejudicado.

    Também tive meus primeiros contatos com jogue por meio dos meus primos, que tinham vídeo game. A fase do Turbo Tunnel do Battletoads de Nintendinho foi, durante muito tempo, um trauma em nossas infâncias. rs!

    Quando tive meu primeiro PC em 97, a febre aqui eram jogos de DOS, que vc digitava aquelas linhas de comando infinitas e o final .EXE pra rodar o jogo. Curti muito Dangerous Dave, Skyroads, Civilization e Carmen Sandiego nessa época.

    Descubri os emuladores pouco depois, por volta de 2005, que foi um emulador de Atari 2600. Como eu era muito moleque na época de ouro do Atari no Brasil, só depois fui iniciado à obras de arte como River Raid, Galaga, Space Invaders.. Se não fossem os emuladores, eu não teria oportunidade de jogar um dos consoles mais celebrados de todos os tempos, realmente.

    Ah, e já fica já a dica pra um possível cast: será o video game uma obra de arte?

    Confesso que foi difícil me concentrar no teor da conversa por volta de 11 min porque, ao fundo, tava rolando nada menos que a trilha sonora do Castle-“fucking”-vania, que é uma franquia que adoro! ehehe!

    Abração a todos e vamo que vamo!

    • Opa! Tudo beleza? Aqui é a Cabrita, que participou do cast. Pirataria realmente é uma tremenda área “cinza,” mas tem uma fala boa do Neil Gaiman sobre como a pirataria (no caso, a distribuição dos livros deles e até traduções informais para o Russo) serviram para, na verdade, aumentar ainda mais as vendas dele.

      É óbvio que não dá pra comparar o freaking Neil Gaiman com o indie que tá precisando de grana e não pode bancar uns piratas distribuindo o trabalho suado dele, mas me identifiquei muito com a fala, pois boa parte das coisas que consumo legalmente hoje chegaram a mim quando eu era uma criança pirata.

      Eu diria que não é questão de abrir as portas para a pirataria, mas que já PASSOU DA HORA da indústria repensar nos seus modelos e chegar numa maneira inteligente de harmonizar os dois lados, trazendo lucros e visibilidade para os artistas e conteúdo para quem consome, sem explorar ou criminalizar as pessoas.

      A fala do Gaiman: https://www.youtube.com/watch?v=0Qkyt1wXNlI

      • Oi Cabrita!
        Eu, Fábio, conheço um pouco da historia do Neil Gaiman e as palavras dele são muito sabias e deveriam inspirar a indústria!
        Mas, aquele problema chamado “DINHEIRO”, deixa a indústria e seus SEOs, cegos…

        Obrigado por participar e comentar, Ane!

        Um abração e sucesso.

    • Fala ai Bruno!
      Cara, quando ouço falar de Battletoads, fico até com coceira! ahahaha Pq era um jogo quase impossível…

      No caso dos jogos de DOS, vc jogou Lotus?! Senão, procure uns vídeo no YouTube…recomendo!
      E vc descobriu os Emuladores, um pouco tarde, não?!

      Lemos e respondemos seu e-mail, estará no ar no PdC #21.

      Um abração e sucesso!

  • Daniel Gustavo

    Passei aqui pra deixar um comments e dizer que me amarrei no cast. MAs nem vou me alonar pois vi que o Bruno escreveu um depoimento aí embaixo…hahaha

    Parabéns!!

    • hahhahaha Poxa meu brother!!
      Por que não deixou sua história, seria foda lê-la!!

      Vlw ai e tamo junto!

  • William Floyd

    Q episódio foda… lembrei da época do ZSnes jogando mario RPG…

    • É uma honra, saber que achou nosso Ep. foda!!!

      Obrigadão e um grande abração.